terça-feira, 4 de agosto de 2015

Entrevista com a Banda Tormenta

Oi minha gente, tudo bem com vocês? Quanto tempo eu não trago uma entrevista pra vocês não é? A última foi com o Coloral do blog Macho moda e foi super bacana, hoje é dia de conversar com a Tormenta, banda do meu namorado, e já adianto que ficou super legal (não é papo de namorada). Vem conhecer um pouco mais da banda, dos bastidores do clipe, das letras e muito mais!


Conversei com os integrantes Caio (Guitarrista), Matheus (Marketing) e Willian (Baterista), eles tiraram um tempo pra responder as perguntas e foram super gentis em contar uma pouco mais da banda pra gente! Pra quem não conhece a banda Tormenta é daqui da minha cidade, e a pouco tempo lançou um clipe da musica Maleficio, cujo foi o primeiro single de um EP que esta sendo produzido! Os integrantes são, Paulo (Vocal), Alex (Guitarra), Willian (Bateria), Caio (Guitarra) e Andrew (Baixo). A Tormenta surgiu pra mostrar que no interior de são paulo tem sim o bom e velho rock, a mídia não deixa eles mentirem já que tiveram destaque em vários sites como o "Tenho mais discos que amigos", "1001 videoclips", "Jornal Diário de Marília", etc

Começando as perguntas com a mais clichê de todas, mas acredito que todos que conhecem querem saber porque do nome Tormenta? Como vocês chegaram a decisão desse nome?


  • Tormenta foi uma decisão unanime entre a banda, a princípio todos queriam um nome que marcasse e transmitisse todo sentimento que passamos em nossas músicas, assim como o nome significa a chegada de uma grande tempestade, para nós, seria uma tempestade que vem para lavar e renovar todo o nosso ser, nos trazendo motivação e força para continuar seguindo em frente.

Lendo a release de vocês, vi que cada um era de uma banda diferente antes da Tormenta, quando decidiram se juntar vocês tinham as mesmas influencias ou foram se adaptando?


  • Antes de fecharmos a formação final da banda, Pe (vocal) e Will (batera) já tocavam juntos pela cidade, e coincidiram de sair da banda onde eles estavam para montar um grupo novo, com seus próprios ideais, conheceram o Caio e o Alex (ambos guitarristas) que também tocava pela cidade com suas respectivas bandas, havendo a necessidade de um baixista, foi quando o Caio convidou Andrew para finalizar a formação atual da banda. Cada um aqui tem um gosto musical bem diferente do outro, vai do hardcore ao rock progressivo, e podemos dizer que a Tormenta é a junção de todos esses estilos, gerando um resultado final que todos nós se identificamos.

Faz quanto tempo vocês estão se dedicando a banda? E quais as metas pra esse fim de ano?


  • Apesar de começarmos a divulgar nosso som a pouco tempo, estamos á mais de oito meses na estrada, produzindo e intercalando shows na cidade e região, nosso maior foco é fortalecer a cena do interior, não deixando ela morrer e mostrando que aqui, em Marília, tem bandas boas e de alta qualidade, que produzem e faz seu marketing da maneira correta. No momento estamos em estúdio terminando de gravar nosso EP, e até o fim do ano queremos lançar mais algumas novidades musicais para vocês, e quem sabe visuais também. Além do EP, estamos preparando alguns shows por São Paulo, onde estaremos divulgando algumas de nossas novas músicas inéditas.

Quais foram as maiores dificuldades que vocês já enfrentaram em relação a banda?


  • Assim como toda e qualquer banda independente, nossa maior dificuldade acaba sendo o dinheiro para produzirmos o que queremos, e apesar disso, a banda sempre se manteve unida, resolvendo uma coisa por vez, quando a gente ama o que faz é difícil tirar nossa vontade de ver seu trabalho pronto. Creio que as bandas que estão nessa conosco pensa o mesmo, e por isso que reforço, a cena sempre tem que se manter unida, uma banda ajudando a outra para que assim todos possam ver o poder que temos.

Falando agora sobre Maleficio, além de ser o primeiro single de vocês, também teve um clipe incrível, porque vocês escolheram essa história? Poderiam contar um pouco dela pra gente?


  • Primeiramente seguimos a letra e oque realmente a musica estava querendo dizer , a gente não quis fugir nesse aspecto , um clip fiel a letra e o nosso amigo\produtor\empresario e tudo mais rs o Max entendeu oque a banda queria passar e deve a ideia de ir para uma igreja abandonada em Gália e de resto rolou natural Principalmente na atuação do Vocalista Pe de sua namorada Bianca , todos ficamos surpresos com o resultado final . Porem só é o começo foi mais uma experiencia mesmo que decidimos ter .

Sobre a gravação do clipe, foi difícil pra vocês (já que foi o primeiro)? Quanto tempo demorou pra tudo ficar pronto? E como foi a aceitação do publico?


  • Não foi difícil, pois havíamos planejado todo o conceito dele muito antes, tomando como base a letra da música, quando sentamos para conversar o roteiro e local, passamos as ideias para nosso diretor Matheus Henrique Coutinho e ele encabeçou de primeira, só tínhamos uma pedra no caminho que era a questão de horários, pois a maioria trabalhava no final de semana e nosso local de gravação ficava a mais de 1 hora daqui, saímos no sábado de noite e passamos a madrugada e manhã inteira gravando, com amigos e namoradas ajudando na pós produção do clipe. Fizemos um evento de lançamento do clipe, com mais de 120 pessoas confirmadas e foi um sucesso, o resultado foi e é muito positivo até hoje, elogiado por grandes portais, como "Tenho Mais Discos Que Amigos" e "1001 Videoclipes".

Ouvi algumas musicas não gravadas de vocês, e as letras em sua maioria falam sobre motivação, de onde vem as inspirações e porque passar essa mensagem para os fãs?


  • As letras são escritas até agora pelo Pe, onde não criamos um roteiro ou uma formula de um jeito só, cada compositor tem seu jeito de falar sobre suas verdade e é a partir de sua própria visão sobre o mundo ao redor , algo muito particular e naturalmente passamos essa mensagem e pensamento para os fãs . A Motivação e o orgulho vão estar muito forte em nosso EP que esta por vir .

A Tormenta tem um estilo bem diferente do rock convencional que ouvimos, diferente do metal, grunge, punk e de varias outras subdivisões, qual a definição do som de vocês?


  • Nos definimos Metalcore / Post Hardcore.

Sempre acompanho os vídeos que vocês postam no youtube, ensaios, studios updates, shows, etc e um desses vídeos foi o primeiro show de vocês que particularmente achei um dos mais incríveis por poder ter acompanhado tudo de perto, mas além do publico, o que muda de um ensaio para um show?


  • Muito obrigado, o primeiro show a gente nunca esquece, é onde a tensão aumenta e acontece de tudo, de tudo mesmo. Nós costumamos levar nossos ensaios como um momento de descontração e criação de novas músicas, pois na hora do show parecemos que viramos outras pessoas e sempre acabamos tocando além do que havíamos ensaiado, sempre tentamos dar o nosso melhor a cada show.

Para finalizar, qual é a agenda da banda nos próximos meses?

Próximos Shows:

07/08 - Planeta Rock em São José do Rio Preto - Passamos para as semi-finais do concurso de bandas do Planeta Rock na categoria composição, com a Malefício, estaremos representando a cidade de Marília no festival, quem for da região ou quiser nos apoiar, toda presença é bem vinda \m/

15/08 - Cão Perere - Marília/SP

09/10 - Do It Yourself Rock Festival - Lins/SP

Pra você que quer conhecer um pouco mais da banda os links estão abaixo:
Clipe -  Página no Facebook - Twitter  - SoundCloud - E-mail: oficialtormenta@gmail.com

Espero que tenham gostado e que curtam muito o som da Tormenta, beijos :*

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário